CÍRCULO DE CORES

R$5,00

Obaaa! Cores! Qual criança não se empolga com um arco-íris?

Essa é uma atividade simples, mas muito divertida, que trabalha o raciocínio matemático, reconhecimento de cores e a forma geométrica circular, percepção visual, concentração, coordenação olho/mão, coordenação motora fina, movimento de pinça e linguagem.

Obaaa! Cores! Qual criança não se empolga com um arco-íris?

Essa é uma atividade simples, mas muito divertida, que trabalha o raciocínio matemático, reconhecimento de cores e a forma geométrica circular, percepção visual, concentração, coordenação olho/mão, coordenação motora fina, movimento de pinça e linguagem.

Idade referencial:  a partir de 2 anos, mas crianças menores podem se interessar também. Esse mesmo jogo tem uma versão só com cores primárias. Talvez seja a versão ideal para começar a brincadeira com cores.

Número de páginas do arquivo: 2

Versões do arquivo: cores primárias e cores secundárias

Grau de dificuldade: baixo

Material necessário para montagem:

– pregadores de roupa
– tesoura

– fita adesiva dupla face ou cola
– impressão do arquivo, de preferência, em papel de gramatura 180g.
Dica: Caso, não tenha as folhas de papel na gramatura de 180g, cole o material em uma cartolina ou papel cartão.

Instruções:

 Recorte todos os círculos, inclusive o círculo maior que forma a base da atividade.
 Cole os círculos pequenos em pregadores de roupa usando durex dupla-face ou cola branca. Se for usar cola, os pregadores precisam ser de madeira e você precisará ter um pouquinho paciência para esperar secar.

Hora de brincar!
Como brincar?

A brincadeira consiste em parear as cores dos círculos colados nos pregadores de roupas com as cores do círculo base.

Antes de começar a brincar, talvez, seja interessante apresentar as cores usando a técnica de três tempos de Maria Montessori:

TÉCNICA DOS TRÊS TEMPOS  DE MARIA MONTESSORI

Primeiro tempo – Nomear: Mostre os pregadores nomeando cada cor. Exemplo: Pregador de roupa amarelo.

Segundo tempo – Associar o nome ao objeto: Em seguida, pedir que a criança pegue ou aponte o pregador que você nomear. Exemplo: Diga “Pegue o pregador de roupa amarelo.”

Terceiro tempo – Testar a apreensão do conceito: Depois de repetir as outras etapas por algumas vezes, mostre um pregador de roupa e peça que a criança nomeei a cor apresentada.

Vale lembrar!

– Importante! Não se prenda a questão da faixa etária. Se a criança se interessou pelo material, interagiu com o material, mesmo que não seja da forma idealizada, e se divertiu! Perfeito! Esse é o objetivo. O aprendizado é consequência e ocorre de forma natural quando criamos possibilidades. Então, crie a possibilidade! Esse é o objetivo. O aprendizado é consequência e ocorre de forma natural quando criamos possibilidades. Então, crie a possibilidade! Imprima, disponibilize para a sua criança e observe se esse é o interesse dela naquele momento ou se é melhor deixar para brincar com essa atividade daqui a algum tempo.

– Relativize a perfeição e deixe as crianças colocarem a mão na massa! Construir o próprio brinquedo é uma fase importante do brincar que as crianças de hoje, raramente, têm a possibilidade de vivenciar. Deixe que a criança corte, não tem problema se os círculos virarem quadrados! Relativize a perfeição! Há o seu perfeito, conquistado após muito treino e há o perfeito dela. Dê a possibilidade da criança aperfeiçoar as habilidades com a tesoura. Não dê pitaco! Ela sabe que está cortando fora da linha, e quando for capaz de cortar sobre a linha, ela o fará. Simples assim! Lembre-se: é para ser divertido!

Avaliações


Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.